Apanhado

Acrísio Moreira da Rocha foi único populista de verdade da política cearense. Pertencendo a partido pequeno, foi conduzido duas vezes à Prefeitura de Fortaleza. E houve quem dissesse que teria tido uma terceira, se tivesse sido o candidato, em 62, no lugar do irmão Péricles. Não penso assim, pois os tempos começavam a ser outros.

Apanhado

Eu ainda não votava, quando, provavelmente levado por um companheiro da Turma do Líbano, Ronaldo Studart, me inscrevi no PSD juvenil, e fiz até uma viagem de trem para Itapipoca, objetivando criar o Diretório dessa cidade do Norte. Agora, quando me dei por gente, pensei muito em entrar para a UDN, que eu considerava o mais sério dos grandes partidos, porém não o fiz, apesar de minha admiração por Carlos Lacerda.

Apanhado

A UDN tinha três nomes possíveis para Governador, Paulo Sarasate, que foi guindado ao Palácio da Luz, em 54; Virgílio Távora, que perdeu pra Parsifal, em 58; para o pleito de 62, era a hora e a vez de Adahil Barreto, que se lançou, porém, quando Armando Falcão criou a União Pelo Ceará, o partido se bandeou pra Virgílio Távora, deixando o candidato já em campanha fora das cogitações. Adahil acabou saindo pelo PTB de Carlos Jereissati, sem a menor chance, mas se inscreveu também para deputado federal, que naquele tempo podia, se elegendo em último lugar.

Apanhado

A maneira que Virgílio Távora encontrou para pagar a lealdade de seu vice, Joaquim Figueiredo Correia, sondado por alguns militares para assumir o Governo, foi nomear seu irmão Jáder para uma das secretarias mais importantes, Educação, onde, por sinal, saiu-se bem.

Apanhado

Ademar de Barros participou da Revolução de 64, pondo a Força Pública de São Paulo à disposição do Movimento. Acontece que os líderes militares, tais Castello Branco e Costa e Silva, conhecendo a peça, lhe mandaram recado: Nós esqueceremos o passado, desde que você esqueça o futuro. Quer dizer, Presidência, nem pensar. Ademar não acreditou, e por isso foi cassado, perdendo o Governo paulista.

Apanhado

Quando, em 1962, a UDN desfeceneu a candidatura Adahil Barreto, as esquerdas armaram uma chapa, que acabou acontecendo apenas parcialmente. Adahil pra Governador; Pontes Neto, Vice; padre Arquimedes Bruno e Carlos Jereissati, senadores; Moysés Pimentel, deputado federal; Moura Beleza, Prefeito de Fortaleza. O veto do arcebispo dom Antônio de Almeida Lustosa ao padre Bruno empacou tudo ou quase tudo, embora tenha se propalado que Beleza teria ganhado e tomaram.

Apanhado

Na noite de 31 de março de 1964, o deputado Franklin Chaves, de Limoeiro, se portou como único revolucionário, pois, como presidente da Assembleia, enfrentou a bancada esquerdista, no Palácio Senador Alencar.

Apanhado

Eleito senador com a Redemocratização de 46, Olavo Oliveira mandou, durante oito anos, na política. Porém, a partir de 54, foram três derrotas seguidas, morrendo no ostracismo.

Apanhado

Pela primeira vez que veio ao Ceará, na qualidade de Ministro do Parlamentarismo, Virgílio Távora reuniu seus comandos locais. A Pasta Viação e Obras Públicas era gigantesca, abrangendo, entre outros organismos, a Rede Ferroviária, o DNER, o DNOCS, os Correios, o DNOS. Na mencionada reunião, VT abriu da seguinte maneira: Os senhores acham que eu sou um grande ministro? Como ninguém esperava tal pergunta, não houve resposta, que Távora levou para o seu lado: Tomo o silêncio como afirmativa.

Apanhado

Foi Humberto Bezerra, prefeito, quem recebeu Carlos Lacerda em Juazeiro, em sua primeira e única vinda ao Ceará. Era, então, o candidato da União Democrática Nacional, braço político da Revolução de 64, e, sem a menor sombra de dúvida, seria o Presidente da República. Porém, o mago Golbery, que influenciava Castello, pensava diferente, e empacou tudo.