Aula de mestre

Não existe o plural duplo do verbo na forma finita. Assim, é errado se dizer “compraram os ingressos para irem ao teatro”. Nesse caso, o segundo predicado vai para o infinito, ficando “compraram os ingressos para ir ao teatro”.

Aula de mestre

Prefira sempre dizer “obséquio” em vez de “favor”. Acontece que “favor” revela um carma negativo de precisão. Agora, “por gentileza” também pode ser admitido.

Aula de mestre

“Fazem-se” unhas é a expressão correta, pois o sujeito da frase é “unhas”, não podendo o “se” jamais ser sujeito. Assim, “faz-se” unhas está errado.

Aula de mestre

O correto é empregar “aguardar” ou “esperar”? Embora ambos estejam certos, prefiro “aguardar”, porque “esperar” tem o carma negativo de a gente levar chá de cadeira.

Aula maestra

Capilé é uma adaptação brasileira do original francês, para significar gratificação que se dá geralmente em cassino. Equivale à gorjeta, que se pratica em bar ou restaurante.

Celeiro

Governatriz existe, para designar a primeira-dama. Agora, Reitoriza foi criação do repórter, para nominar mulher do reitor. Saiu numa conversa, no alto do Paracuru, em casa dos Jorge Parente, numa segunda-feira de Carnaval.

Mestre-escola

Não se diz “a domicílio”, porém “em domicílio”. Não se diz “entregar em mãos”, pois a mão que recebe a carta ou encomenda é uma só. E não se deve dizer “tosse” no singular, pois a tosse é sempre plural, porque várias seguidas.