Bola rolando

Os dois centroavantes previstos para a Copa de 1950, que inaugurou o Maracanã, acabaram não sendo convocados: Leônidas da Silva, que brilhara no Mundial da França, 12 anos antes, porque se iniciava na velhice; e Heleno de Freitas, o mais clássico de todos, incluindo Pelé, porque, esquizofrênico, se iniciava na loucura.

Bola rolando

Flávio Costa chegou a pensar em Heleno de Freitas para a Copa de 50, mas o craque estava iniciando seu processo esquizofrênico. Enquanto isso, a crônica paulista insistia em Leônidas da Silva, dos Mundiais de 34 e 38, que acabava de dar o quinto título ao São Paulo, porém Flávio Costa o convocou, e depois desconvocou, para o Sul-Americano de 1949. A Seleção começou com Baltazar, que não correspondeu, e depois improvisou Ademir, enquanto seu reserva, o gaúcho Adãozinho, nem chegou a entrar em campo.

Bola rolando

Nem sempre reluziu para Pelé, a primeira vez que vestiu a camisa da Seleção, o Brasil perdeu; a primeira vez que jogou em Copa do Mundo, não marcou gol; a primeira vez que em Mundial meteu mais de um gol, o seu marcador estava na enfermaria; e, já bicampeão, foi expulso no prélio em que Argentina deu de três, no Pacaembu, e eu estava presente.

Bola rolando

Você convocaria novamente Neymar para o Mundial? De jeito algum, pois até mesmo em questão de Copa, vale o dito popular que um é pouco, dois é bom, porém três é demais. E o milionário futebolista não conseguiu dar o título ao Brasil, nas duas chances que teve, nem na Rússia, nem em seu próprio país.

Bola rolando

Alfredinho, centroavante do Ceará Sporting, no final dos 40 se transferiu pro futebol paulista e chegou a campeão pelo Santos. Consta na ponta-direita, formando ala com Jair, sim, o Jajá da Copa de 50. Há quem sustente que jogou algum tempo com Pelé, todavia disso não tenho confirmação.

Bola rolando

Dois tricampeonatos do Flamengo foram na base da tomação. O de 42, 43, 44, na final de 44, o ponteiro Valido “trepou” no médio Berascochea do Vasco para marcar o gol da vitória, enquanto no de 53-54-55, o zagueiro Tomires entrou com tudo no meia Alarcon, que passou a fazer número em campo, logo no início da partida. Ressalte-se que, no segundo jogo da melhor de três que decidiria o título, o América havia goleado de cinco.

Bola rolando

Na Copa de 1958, primeira que a Seleção ganhou, não fez um só jogo que merecesse nota alta. E com a França, melhor time do Mundial da Suécia, após primeiro tempo duríssimo, Pelé fez três no segundo, só que seu marcador, Jonquet, estava na enfermaria, após chibatada cruel do Vavá, e naquele tempo ainda não havia substituição.

Bola rolando

Para melhorar o nível das arbitragens, o Campeonato Carioca de 1949 contou com quatro juízes ingleses que davam valor a alguns uisquinhos antes das partidas. Um deles, Mr. Ford, enxugava bem e já entrava em campo meio truviscado. Sua especialidade era marcar pênaltis, três, quatro, cinco, ..., de acordo com as doses ingeridas. Não tiveram o contrato renovado.

Bola rolando

O Botafogo é tetracampeão carioca, 32, 33, 34, 35, porém o próprio clube não dá muita importância, porque, pra valer, só foi 32, ganhou os outros participando de uma liga que só tinha time pequeno.

Gols marcados

Assisti ao vivo as Copas de 78, na Argentina, que o Brasil mereceu perder, e ainda inventou aquela história de Campeão Moral, e a de 82, na Espanha, a Seleção de Telê, que merecia ganhar e a Itália tomou, na semifinal.