Bola rolando

Ivan Roriz foi meu contempor na Primeira Ginasial do Marista Cearense e goleiro da equipe do colégio. No Campeonato Cearense, estreou no Nacional, time dos funcionários dos Correios, e depois foi campeão pelo Ceará. Defendendo a Seleção estadual, a camisa pesou e engoliu um frango em bola chutada do meio campo pelo Batistão do Maranhão, tanto que, no jogo final, foi substituído pelo veterano Juju.

Bola rolando

O time pelo qual primeiro torci, no Presidente Vargas, foi o América seguinte: Hélio, Jarbas e Heródoto, Peixoto, Aristóbulo e Coimbra, Ubiratan, Manoel de Ferro, Paulo Porto, Naíso e Gilberto. Dei sorte, pois foi campeão do Torneio Aberto de 1950.

Bola rolando

Maior jogador que vi jogar no Presidente Vargas foi Pipiu, meia-apoiador do Fortaleza e depois do Ceará, titular da Seleção Cearense em dois Brasileiros.

Bola rolando

O América iniciou auspiciosamente a década de 50, sob a presidência do dr. Aristóteles Canamary, vencendo o Ceará no Torneio Aberto. Como alguns dos seus jogadores pertenciam à Aeronáutica, a transferência esfacelou o time, que no ano seguinte nem conseguiu classificar-se pro Campeonato Estadual.

Bola rolando

Tive grandes momentos futebolísticos na televisão, podendo citar entrevistas com três campeões mundiais, o goleiro Gilmar, o lateral Nilton Santos e o volante Clodoaldo.

Bola rolando

Craque, na verdadeira acepção da palavra, não dá bom técnico, tanto que fracassaram Zizinho, Danilo, Leônidas da Silva e Domingos da Guia. Ser um treinador capaz é pra jogador que frequenta a mediocridade, como Flávio Costa, Zezé Moreira e Osvaldo Brandão.

Bola rolando

Conheci Pelé no Hotel dos Reis Magos em Natal, apresentado pelo capitão Carlos Alberto, tendo participado do papo também o treinador Pepe, que formara com ele a maior dupla atacante do Santos em todos os tempos, Pelé e Pepe.

Bola rolando

Único jogador que não ficou nem no banco de reservas no Mundial de 70. O centroavante Dario, que oficialmente era o reserva de Tostão.

Bola rolando

Lula, goleiro do Corinthians, substituiu Félix num jogo das Eliminatórias do Mundial de 70. Não deu pra medir sua atuação, pois adversário era inexistente Venezuela.

Bola rolando

Das duplas inicialmente formadas por João Saldanha para a Copa de 70, quer dizer, um titular e um suplente, só quatro permaneceram até o final, com Zagallo, Carlos Alberto e Zé Maria, Clodoaldo e Piazza, Gerson e Rivelino, Edu e Paulo César.