Tela quente

Aparecendo apenas dez minutos, Orson Wells roubou a cena em “O Terceiro Homem”, que frequenta tranquilamente a relação dos melhores filmes da minha vida.

Tela quente

Aparecendo apenas dez minutos, Orson Wells roubou a cena em “O Terceiro Homem”, que frequenta tranquilamente a relação dos melhores filmes da minha vida.

Tela quente

O Cine Rex, na General Sampaio, antes do São Luiz, era o quarto, na hierarquia da Empresa Ribeiro. Era o preferido pela moçada, sobretudo na vesperal do domingo.

Tela quente

O ator Herbert Marshall participou das duas produções de "A Carta", sendo que na primeira fez o amante assassinado, porém não falava. Aconteceu nos anos 30s, e nos 40s, fez o marido traído por Bette Davis.

Tela quente

Qual o primeiro ator dos casteados de “Casablanca” a perecer? Foi Conrad Veidt, que faz o papel do major nazista, que partiu um ano depois do lançamento do filme.

Tela quente

A diferença entre as grandes Bette Davis e Ingrid Bergman é que Bette era uma estrela, enquanto Ingrid, apenas uma atriz.

Tela quente

Embora não figure entre os melhores, não deixe de assistir a “Duelo ao Sol”, com dois irmãos, Joseph Cotten e Gregory Peck, brigando pela sensualidade explosiva de uma esplêndida Jeniffer Jones.

Tela quente

“Amar Foi Minha Ruína” não figura entre os meus dez filmes, porém foi uma grande película, quando a presença do canastrão Cornel Wilde é compensada pela beleza de Gene Tirney.

Tela quente

No dia seguinte ao término da filmagem de “Giant, Assim Caminha a Humanidade”, James Dean partiu cedo da manhã em louca disparada para a Salinas e morreu na estrada, quando carro derrapou.

Tela quente

Em seu primeiro longa, “Vidas Amargas”, James Dean alcançou ótimo desempenho, que muitos críticos, entretanto, consideraram histriônico, ao contrário do Ricardo Davalos, que fez o papel de seu irmão, elogiado por todos, pela sobriedade.