Modus comportamentorium

Bocejar não é o único hábito feio em sociedade, cochichar com alguém em roda grande também é imperdoável.

Modus comportamentorium

No ato da apresentação, é a mulher quem tem a primazia de pronunciar a expressão clássica, “muito prazer”.

Modus comportamentorium

Chegando a uma festa, nunca se deve dizer ao dono da casa que “só vim porque era você”, pois vai parecer uma tentativa de supervalorização da presença, como se quisesse receber do anfitrião um tratamento especial.

Modus comportamentorium

Aos 15, a moça ainda é muito xoxinha, vai daí nosso aconselhamento aos pais para que apresentação à sociedade seja feita aos 18, embora o Baile Branco tenha quase inteiramente passado para o desuso.

Modus comportamentorium

Numa igreja, se pode beijar o anel de um bispo, porém jamais a mão de uma senhora.

Modus comportamentorium

Copo de pé é aquele onde se toma água, refrigerante, cerveja e até vinho, errado denominá-lo de taça, que só existem três, a taça de sorvete, a taça de champagne e a taça da amargura.

Modus comportamentorium

É errado chamar vinho ou cerveja de drink, que se aplica, quase sempre, aos destilados, estilo uísque, vodca e rum.

Modus comportamentorium

O atraso num jantar ou mesmo num almoço não pode exceder os 15 minutos, mais tempo é desaforo. Chegar adiantado também não é IN, pois pega os anfitriões ainda arrumando a casa.

Modus comportamentorium

No Natal e Réveillon, é pertinente se desejar paz, porém jamais “muita paz”, pois esta só se obtém no cemitério.

Modus comportamentorium

Nunca puxe lenço à mesa, nem que seja para limpar o estrago de um espirro. Pertinente será sempre a utilização do guardanapo.