Definindo a arte

Definindo a arte Se você tem quadros de pintor famoso na parede, eles devem receber luz própria, ou seja, uma pequena lanterna voltada para as telas, iluminando de cima pra baixo.

Definindo a arte

Descartes foi um bom pintor que tivemos. Digo tivemos, porque lá pras tantas resolveu ser carnavalesco, arrefecendo a produção e comprometendo um pouco a qualidade. Era funcionário da Rede Viação Cearense e, atualmente, confesso que não sei qual é a dele.

Definindo a arte

Definindo a arte Eduardo Campos, que chegou a deter o maior poder de comunicação no Ceará, com rádio, jornal e a primeira estação de televisão, possui um dos melhores Bandeira que conheço, um triplo em azul, hoje, ao que sei, pertencente à viúva Heldine Cortez. Espalhou-se que foi um presente do artista, companheiro de boemia, e a quem Manuelito ajudou a projetar.

Definindo arte

Um dos mais bonitos Bandeira que conheço é um de fundo azul que frequenta a parede do meu particular amigo José Macêdo. Ele deve esse feito à grande Olga Barroso, que, quando primeira-dama, levou o artista pra jantar na Tibúrcio Cavalcante e fez o empresário comprar um quadro.

Definindo arte

Após Cândido Portinari, Di Cavalcanti é o grande vulto da pintura brasileira, mas tem de ser óleo e, principalmente, mulata.

Definindo arte

Heloysa Juaçaba me confidenciou, uma manhã, no seu apartamento do Jangada Clube, que Chico da Silva, embora acreano, foi mais importante para as artes plásticas do Ceará do que Antônio Bandeira. Não pretendo meter minha colher nesse apontamento da grande Helô, embora reconheça que Da Silva foi bastante prejudicado por apor seu polegar, pois, analfabeto, não assinava, em obras que não eram dele.