Casando bem

O buquê deve ser maior e mais rico, podendo tomar a forma de uma braçada ou um ramalhete, para ser docemente embalado pelos braços da noiva, com a vantagem adicional de “levantar” a silhueta, pois as flores de cabos longos apontam para cima.

Casando bem

(Com Ronaldo Esper) Mesmo sendo possível obter licença especial pra casar no domingo ou durante a Quaresma, pessoalmente não acho nem propício nem de bom tom.

Casando bem

(Com Ronaldo Esper) Mesmo sendo possível obter licença especial pra casar no domingo ou durante a Quaresma, pessoalmente não acho nem propício nem de bom tom.

Casando bem

Casar à tarde, na sua semiformalidade, tem toda a graça de um ritual mais natural, aliás, é o horário preferido das grandes atrizes e dos intelectuais.

Casando bem

(Com Ronaldo Ésper) Noiva tipo mignon deve se valer de um buquê que transmita um ar de candura, inocência e jovialidade. Perfeito para cerimônia realizada pela manhã ou à tarde.

Casando bem

Na saída do casamento, os nubentes lideram o cortejo nupcial, depois devem vir os pais da noiva e do noivo, após o que os padrinhos, por fim o padre e, depois dele, os convidados.

Casando bem

(Com Ronaldo Ésper) Padrinhos de um casamento, se não houver determinação prévia pedindo uso de fraque ou meio-fraque, devem mesmo usar terno de bom corte, em cores mais fechadas.

Casando bem

É chique colocar no salão da recepção, logo à entrada, um livro onde os convidados possam deixar mensagem aos nubentes, que se transformará, no futuro, em bela recordação do dia.

Casando bem

Casamentos pela manhã ou à tarde só devem acontecer aos sábados, domingos e feriados. Se marcar, por exemplo, para uma quarta-feira útil, digamos, às dez da manhã, dificultará a tramitação dos convidados, que terão que atropelar seus caminhos habituais.

Casando bem

Nada mais chique que a simplicidade, o saber conservar, mesmo na cerimônia mais luxuosa, o estilo pessoal, espontâneo e reconhecível, ou seja, o seu próprio estilo.