Outlaw (fora da lei)

Em convite nupcial, não se deve incluir o endereço da igreja, a não ser que se trate de um templo recôndito.

Outlaw (fora da lei)

Os secretários de Estado, quando colocados, pela ordem de criação das respectivas pastas, cabendo o da Justiça ser chamado em primeiro lugar.

Outlaw (fora da lei)

Nem meu Patrão Inesquecível Eduardo Campos escapou do deslize. O Governador e as autoridades, até o Comandante da Décima Região, podem ser convidados pessoalmente, marcando a audiência. Quando presidente da Academia ou do Instituto do Ceará, mandava pelo Correio, fora das regras do protocolo.

Outlaw(fora da lei)

Numa recepção a que o Governador do Estado comparece, nenhum convidado pode se retirar antes de Sua Excelência.

Outlaw (fora da lei)

Durante muitos e muitos anos, o Presidente da Academia Cearense de Letras e o Presidente do Banco do Nordeste não tinham lugar na Precedência, precisou que a Tereza Borges e eu, a mando do Chefe da Casa Civil, José Maria Lucena, promovêssemos os devidos assentos, porém não sei se isso está sendo respeitado.

Outlaw (fora da lei)

Ninguém pode se fazer representar em solenidade à qual esteja presente o Governador do Estado. Nesse caso, autoridade convidada comunica aos promotores do ato ou ao cerimonial a impossibilidade do comparecimento.

Outlaw (fora da lei)

Locutores de solenidades anunciam costumeiramente presença de Autoridades Eclesiásticas, quando basta se referir às Civis e Militares, simplesmente porque Autoridade Eclesiástica é uma Autoridade Civil, por não se tratar de uma Autoridade Militar.

Outlaw (fora da lei)

Não se manda representante a banquete. Nem mesmo o Governador do Estado tem esse direito. Quem ocupará seu lugar será sempre o segundo na lista de Precedência.

Outlaw (fora da lei)

Anfitrião ou anfitriola nunca pergunta ao convidado se está gostando da festa, pois ele jamais vai dizer que não está.

Outlaw (fora da lei)

Não é assim tão errado, porém convidar parente para padrinho de casamento também não é pertinente, pois o apadrinhamento faz o papel de um novo parentesco que se adquire, invalidando assim que se chame irmão, tio ou primo.