Vã filosofia

Todos nós fiéis de Deus contamos que o céu esteja lá em cima e que possamos algum dia adentrar. Agora, o inferno está aqui mesmo na terra, é a velhice, tendo sido um dos pecados mortais do Ser Superior.

Vã filosofia

As meninas-moças não deveriam ser apresentadas à sociedade aos 15 anos, quando ainda estão muito chochinhas. Na minha modesta opinião, os pais deveriam esperar um pouco mais, chegada aos 17 ou 18, já desabrochantes, mas combatem a ideia, dizendo que nessa idade a garota já quer casar. Então, tá.

Vã filosofia

O ciúme pode até ter vez quando se ama de verdade, mas, mesmo assim, não precisa ser violento. Agora, o fim da picada é externar ciúme de uma pessoa de quem não gostamos.

Vã filosofia

Os celebrantes de missa não deveriam dizer “Irmãos e irmãs”, bastando “Irmãos”, como nas Sagradas Escrituras. Não é que seja completamente errado, porém deveras redundante.

Vã filosofia

O cearense é língua de trapo, ou tem a língua frouxa, se preferem. Devo admitir, entretanto, que pessoalmente considero meus conterras apenas ruins, embora não péssimos. Acho até mesmo que a condenável ação de pretender sempre derrubar é mais uma questão de falta de assunto do que de mau caráter.

Vã filosofia

Quando percebeu as quatro grandes gafes que cometera ao criar o mundo, quais sejam, a feiura, as doenças, a velhice e a pobreza, Deus quis acabar com ele, mundo, só não conseguindo porque o cretino do Noé inventou aquela maldita arca. Teria nos livrado de todas as mazelas.

Vã filosofia

Os apresentadores de solenidade insistem em mencionar “Autoridades Eclesiásticas”, quando Autoridade Eclesiástica é uma autoridade civil, simplesmente por não ser militar, então o locutor deve se limitar: “Queremos agradecer a presença de Autoridades Civis e Militares”.

Vã filosofia

Se você recebe um amigo no apartamento novo, não deve partir de você a ideia de ele percorrer a nova morada. A iniciativa será sempre do visitante, que demonstrará interesse em fazer o percurso doméstico.

Vã filosofia

Não tenho carteira de identidade. Não sei minha idade... Não sei de onde venho... Sozinho, sempre sozinho, não tenho ninguém. E quem sou e porque sou é um mistério. (Tchekov, o Cerejal)

Vã filosofia

Brasileiro que morre vira bom. Comigo mesmo não, violão! Quem foi moleque em vida continuará sendo bandido e celerado depois de morto. E jamais perdoarei, se tiver sido sua vítima.