Palpite alheio

A única vantagem da mulher é a mulher, aponte outra. (Antônio Maria)

Celeiro da criação

“Bisturi Afiado” é como este repórter decidiu batizar o bamba cardiológico Dr. Glauco Lobo.

Bola passada

Na Copa de 50, o melhor time era a Espanha. No jogo com o Brasil, todo mundo estranhou que os ibéricos pareciam estar dormindo em campo. Perderam de seis, e depois se soube a razão do “sucesso” dos brasileiros. O cozinheiro da concentração dera uma patriotada, pondo barbitúrico no almoço dos visitantes.

Apanhado político

Brizola nunca me foi muito simpático, porém, a pedido do Moysés Pimentel, votei nele, no Primeiro Turno daquela eleição que o brasileiro, com medo do Lula, elegeu o alagoano. Brizola teria sido bem melhor presidente do que um punhado desses que andam por aí. E jamais teve sequer uma gota de comunismo.

Parada godê

Uma das razões, não a única, pela qual terminei com a lista das Dez Mais foi que algumas das pretendentes passeavam marido barrigudo, e me nego a achar que mulher de obeso, mesmo bem vestida, possa ser tachada de elegante.

Ilustradas | Clique aqui para ver as imagens

Fernanda Quinderé entre meus companheiros de viagens, Antenor Barros Leal e Sebastião Arraes. (By Evando)

Dr. Pedro Leão, que presidiu Letras e Medicina, admite ter realizado em mim sua obra-prima. (By Rodrigues)

Goiana Vanu Carvalho e filhas cearenses.

Amarílio Cavalcante, que presidiu o Ideal, e Ubiratan Aguiar, que preside Academia. (By Rodrigues)

Ilustradas | Clique aqui para ver as imagens

Ex-senador Luiz Pontes, charmosa Karísia e primogênito Ozires, nome do pai e sogro. (By Rodrigues)

Edson Queiroz e Paulo César Norões, sucessor do pai na Verdes Mares.

Irmãos e Luciana Dummar, tocadores do Sistema O POVO, com Governador, Prefeito e Jocélio Leal, editor do Anuário. (By Rodrigues)

Luciano Cavalcante e Fernando Cirino, proeminentes da Unidos do Natal, cuja confra anual acontece sexta 30 de novembro, no Ugarte.

Acalentando ego

A minha amiga maior, Lurdes Gentil, aristocrata da cana-de-açúcar pernambucana e descendente do Barão de Suassuna, além do mais, sendo de berço uma Carneiro da Cunha, um dos mais puros clãs maurícios, disse-me certa vez no Castelo de Bolso: Você é que é feliz, até mesmo porque todo mundo gosta de você.

Bola passada

Brasil ainda hoje chora perda da Copa de 50, que inaugurou o Maracanã. Acontece que, se o futebol fosse sempre justo, a Seleção nem teria ido para a Final, pois precisava vencer a Iugoslávia, que tinha um time certinho e jogava pelo empate. Acontece que seu principal jogador, o armador Mitic, ao tentar entrar em campo, quebrou a cabeça no túnel do estádio, e a Iugoslávia solicitou adiamento da partida por 15 minutos, para que o time começasse completo. O capitão brasileiro, Augusto, concordou, porém condicionou a aprovação do treinador Flávio Costa, que negou. O resultado é que, quando Mitic começou a jogar, Brasil já havia metido um gol, mas os verdadeiros futebolistas sabem que a Seleção não ganharia esse jogo, se Iugoslávia tivesse jogado, desde o início, com seu onze completo.

Celeiro criador

410 da Barão de Studart, foi como este repórter, e, depois dele, quase todo mundo, passou a chamar a casa então pertencente ao senador Fausto Cabral onde Virgílio Távora morou durante I Veterado e depois serviu também de residência pra seu sucessor Plácido Castelo.