Pausa que refresca

Salada de frutas pode se fazer acompanhar de vinho do Porto. Agora, de legumes, não existe casamento possível, porque o azeite ou o óleo corta o sabor de qualquer vinho.

Casamento infeliz

Uísque com água de coco não se recomenda, a não ser para turista, pois os dois saem perdendo, o uísque, que enfraquece o seu vigor, e a água de coco, que vê sua doçura prejudicada.

Conserva

Vinho, sobretudo tinto, deve ser guardado deitado, podendo ser até no chão de cimento, de modo que a rolha seja permanentemente molhada pelo líquido.

Conserva

Não se deve guardar uísque por mais de três anos, pois virará mel de abelha. Se transforma num licor de qualidade, porém longe do precioso líquido escocês.

Hora H

O gim, que é um álcool perfumado, exige muito sol para ser plenamente degustado. Deve ser tomado com mistura de soda ou preferencialmente água tônica e uma rodela de limão. A bebida em questão não pode ser mexida, a gente tem que deixar repousar, e jamais passar de três doses.

A hora certa

Levando em conta a canícula nordestina, por aqui o primeiro uísque só pode ser tomado depois das cinco da tarde. Servir o precioso líquido escocês no almoço, por exemplo, só se for pra irritar o nosso deus Baco.

A vez do gole

Gim é uma bebida que exige muito sol e deve ser sempre tomada em forma de long-drink, com bastante tônica, soda ou mineral sem gás. Cai muito bem num passeio de lancha al mare, antes do almoço. Como se trata de uma bebida perfumada, não se deve exagerar, dois ou, no máximo, três, cabendo a rodela de limão e alguns pingos de angostura.

Hora do gole

Na relação entre as bebidas e a oportunidade de elas serem ingeridas, até a cachaça tem vez, quando, numa pescaria madrugativa, você precisa de uma bicada, antes do mergulho na água gelada.

Hora do gole

Portugal e Espanha oferecem bons vinhos tintos a baixo custo. Anote este nome e safra, Lopez Cristobal, 2014, da região de Ribera del Duero, do país ibérico.

Hora do gole

Embora geralmente acompanhado de vinho branco, o escargô casa também com o tinto. Todavia, essa assertiva não é unânime no mundo gastronômico.