As danações

Elizabeth Taylor dava valor a um macho e não podia passar sem, pelo menos, um, às suas ordens e disposição. Quando filmava “Giant”, no Texas, o estúdio alugou uma casa para os atores principais, e aí então ela se deu mal, pois teve como companheiros Rock Hudson e James Dean, que não eram fanáticos, muito pelo contrário.

Pergunte a quem tem Lúcio

Subindo uma escada, qual é o ritual? O homem vai na frente. Agora, descendo, a mulher é que vem na frente.

Apanhado político

Tendo de permanecer no Governo, para garantir a União pelo Ceará, Parsifal Barroso iria ficar sem mandato. Chegou a ser sugerido que ele disputaria uma cadeira de deputado pelo Piauí, enquanto o governador Chagas Freitas disputaria pelo Ceará, isso sendo possível porque não havia ainda o domicílio eleitoral obrigatório. Parsifal garantiria Chagas, e Chagas garantiria Parsifal, porém a ideia não vingou. Na época, comentou-se que, se Chico Monte fosse vivo, Parsifal teria renunciado e se candidatado por aqui mesmo.

Bola passada

A reportagem esportiva insiste em proclamar vice-campeonato como título, acontece que não é. Até mesmo porque ser vice-campeão significa que perdeu.

Cinema de véspera

Não tendo ainda televisão, cada subúrbio tinha o seu cinema. Alguns bairros tinham dois, como, por exemplo, Otávio Bonfim, que mantinha o Familiar, dos padres, na praça, e Nazaré, ali bem pertinho, por trás da Sumov. Mais ou menos em 1953, quase todas essas casas exibidoras foram extintas.

Palpite alheio

O samba é a tristeza que balança. (Vinicius de Moraes)

Pergunte a quem tem Lúcio

Até que hora se pode desejar bom dia? Não existe nenhuma regra pré-estabelecida nessa questão. Assim, mais ou menos como uma diretriz informal, apontarei o meio-dia.

Bola passada

Brasil foi cinco vezes campeão mundial, porém nunca ganhou em país campeão, e foi o único campeão que perdeu duas vezes na própria casa.

Cinema de véspera

Marylin Monroe estava protagonizando “Adorável Pecadora” com ator francês Yves Montan. Uma fofoqueira telefonou para Paris, sugerindo à mulher de Montan, Simone Signoret, que a dupla estava levando a tela para a vida real. Simone disse apenas “isso passa”, e realmente passou, pois seu marido, terminado o filme, voltou pra ela e esqueceu la Monroe.